Estudo preliminar aponta que própolis é um grande aliado no tratamento contra o Covid-19

Estudo preliminar aponta que própolis é um grande aliado no tratamento contra o Covid-19

A própolis é uma substância natural, que pode ser encontrada em brotos, flores e cascas de plantas, de onde as abelhas extraem e levam à sua colméia. Diferentemente do que muitos acreditam, as abelhas não produzem própolis, elas apenas fazem a coleta e incrementam com pólen e cera.

Muito antes da pandemia causada pelo vírus Covid-19, que desestruturou o mundo todo em 2020, as pessoas já utilizavam a própolis como forma de prevenção de algumas doenças, para aumentar a imunidade e até para auxiliar em alguns tratamentos.

Registros históricos apontam que os egípcios e gregos faziam uso da própolis como antisséptico; já os incas a utilizavam em situações de febre; e os gregos adotaram substância como cicatrizante.

 

Própolis no tratamento contra o Covid-19

 

Entre junho e agosto de 2020, no Hospital São Rafael, de Salvador, foi conduzido um estudo por pesquisadores brasileiros da Apis Flora (empresa brasileira do segmento de própolis, mel e extratos de plantas medicinais) e do Idor (Instituto D’or de Pesquisa e Ensino), em conjunto com o Hospital São Rafael.

O estudo foi conduzido em 124 pacientes, com cerca de 50 anos e comorbidades similares.

Os voluntários foram divididos em três grupos: o primeiro recebeu apenas o tratamento padrão, o segundo e terceiro receberam o tratamento padrão e doses de extrato de própolis de 400 mg/dia e 800mg/dia, respectivamente.

Os pacientes tratados com própolis se recuperaram muito mais rápido, ficando internados metade do tempo dos pacientes que receberam o tratamento padrão. Além disso, os grupos tratados com própolis apresentaram um índice menor de lesão renal aguda: os pacientes que receberam a dose maior apresentaram um risco de 4,8%, enquanto os que receberam a dose menos apresentaram risco de 12,5%. Uma diferença significativa em comparação aos 13,8% dos pacientes que receberam a medicação padrão.

 

Não há comprovação científica de que própolis previna a doença

 

Ressaltamos que mesmo que ingerido diariamente, não é comprovado que isso vá prevenir a doença. Assim, continue respeitando todos os cuidados necessários, evite aglomerações, use a máscara corretamente, higienize as mãos e não as encoste na região dos olhos, nariz e boca.

 

Também é importante frisar que apesar dos bons resultados, esse é um estudo preliminar e não pode afirmar com absoluta certeza que a própolis realmente age contra o vírus. Portanto, serão conduzidos outros estudos a partir deste.

 

Fontes

https://www.medrxiv.org/content/10.1101/2021.01.08.20248932v1

https://veja.abril.com.br/saude/estudo-inedito-indica-beneficios-do-propolis-no-tratamento-da-covid-19/

https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2021/01/15/propolis-tem-resultado-promissor-em-pacientes-internados-com-covid-19.htm

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Precisa de ajuda?